[Resenha + Sorteio] Louca para Casar - Madeleine Wickham

11 de maio de 2013
Título: Louca para Casar
Autor:  Madeleine Wickham
Editora: Record
Páginas: 348
Ano: 2013
Mais informações: Skoob

Sinopse: Milly está a quatro dias de um casamento digno de contos de fada com Simon, um jovem rico por quem é perdidamente apaixonada. É a cerimônia mais aguardada do ano pela alta sociedade, mas um detalhe pode pôr tudo a perder. Dez anos antes, Milly se casou com um amigo americano gay para que ele vivesse na Inglaterra com o parceiro, mas logo ambos perderam o contato e nunca se divorciaram. Tudo permaneceria em segredo se não fosse a chegada de Alexander, o fotógrafo, que por acaso também presenciou a primeira união. Agora ela terá que correr contra o tempo para encontrar o “marido” e obter o divórcio antes que todos descubram que a noiva, na verdade, já é casada.

“No dia seguinte, Allan levou-a até a estação, ajudou-a a colocar sua mala no compartimento de bagagens e secou suas lágrimas com um lenço de seda. Em seguida, deu-lhe um beijo de despedida, prometeu escrever e disse que, em breve, se encontrariam em Londres. Milly nunca mais o viu."

Pois é...e eu resolvi ler Sophie Kinsella sendo ela mesma. Para quem não sabe, Madeleine Wickham é o nome verdadeiro da diva do chick-lit. Meu temor era que não iria encontrar a mesma escrita divertida e descontraída da autora em 'Louca para Casar', ainda mais após alguns comentários negativos que li sobre 'Quem vai dormir com quem?'. Fiquei muito contente em descobrir que meus temores foram desnecessários! \o/

Nada de protagonistas engraçadas como Becky Bloom por aqui. Apesar de Milly ser descontraída e ter se metido sim em encrenca, tudo é passado para o leitor de maneira mais formal, acredito que por ser uma narrativa em terceira pessoa.

Enfim, a premissa é a seguinte: Milly, no auge da sua juventude e na Inglaterra fazendo um curso, se aventura  em casar com um amigo que conheceu, Allan, que deseja ficar no país por conta do seu companheiro. Por isso, Milly topa se casar de "mentirinha" com ele. O deslumbre de colocar um vestido de noiva e arrumar os belos cabelos loiros debaixo do véu foi muita tentação para Milly, que chega a se apresentar como uma personagem vaidosa. Mesmo que seja tudo atuação, a garota aproveita cada momento e está belíssima no dia, ao ponto de um pequeno rapaz que estava perto da cerimônia tirar uma foto sua.

Esse mesmo rapaz, 10 anos depois, por ironia do destino ou não, é um fotógrafo super bem recomendado. Com casamento marcado com o amor da sua vida, Simon, Milly nem em um milhão de anos iria descobrir que aquele rapaz, Alexander, que presenciou sua primeira união, estaria ali para ser o fotógrafo do seu casamento com Simon. Confusão armada, uma vez que Milly nunca chegou a se divorciar de Allan no papel.

Como eu disse, a escrita de Madeleine aqui não é similar a de seus livros como Kinsella. Apesar do enredo aparentemente "açúcar" apresentado pela sinopse, ele não chega a ser do estilo "engraçadinho" e possui um apelo mais dramático. Além disso, temos as relações familiares dos outros personagens do livro aqui: Simon não se dá bem com o magnata Harry, seu pai, com quem passou a morar após a morte de sua mãe. Os pais de Milly também não possuem o melhor casamento do mundo, aliás, estão longe disso.

Isobel, irmã de Milly, sempre pareceu mais centrada e independente, e é a ela que Milly apela para sair dessa enrascada, pois ela só tem 4 dias para obter os papéis do divórcio. Isso seria ótimo, se Isobel não estivesse em seu próprio drama particular.

Enfim, como deu para notar, além do drama da protagonista, o livro possui outros núcleos, o que acho um excelente acréscimo à narrativa. Ela, aliás, é envolvente. Acho que apesar da estranheza inicial, consegui me desvencilhar do aspecto diferente da escrita da autora aqui e no final das contas, apreciei bastante o fato dela possuir essa versatilidade, sem perder suas características marcantes. Romance recomendado!



SORTEIO DO LIVRO

Em parceria com a Editora Record, o Brincando com Livros sorteará um exemplar do livro. A promoção vai até o dia 26/05. As regras são as usuais, mas qualquer coisa, só entrar em contato! o/

Obs: A responsabilidade de envio do prêmio é da própria editora! ^.~

Boa sorte à todos!!!! =D

a Rafflecopter giveaway


Não se esqueça de comentar na postagem e participar do Top Comentarista de Maio! \o/

Labels: , , , ,

78 comentários :

  1. Nunca ouvir falar na escritora, mas o livro parece ser bom.

    Adorei sua resenha Lygia, a forma como você descreve o livro me deixou com vontade e ansiosa para ler =D

    Apesar da capa ser um pouco sem graça (minha opinião) o conteúdo é o que importa.

    ResponderExcluir
  2. Eu achei que Madeleine Wickham fosse um pseudônimo da Sophie e não o contrario,rsrs! Legal saber! A historia é bem legal, fiquei curiosa pra saber como a Milly vai encontrar o Allan pra desfazer esse casamento de mentirinha, com certeza vou me divertir muito com esse livro! Parabéns pela resenha, eu adorei, bjão!

    ResponderExcluir
  3. O título e a sinopse dão a sugestão de algo engraçado e leve como os outros livros da Kinsela mas pelo visto não é exatamente isso que encontramos no livro.

    Curiosa.

    ResponderExcluir
  4. Tá aew que eu não sabia que o nome da Sophie Kinsella era Madeleine Wickham!! Adoro os livros da Sophie acho que vou amar esse só pela sua resenha =D

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito dos livros de Sophie ou Madeleine. Não me importaria nem um pouco se esse livro seguisse a linha divertida dela quanto as suas histórias. Sua resenha me incitou uma vontade louca de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  6. Elisa da Luz Adorna11 de maio de 2013 22:51

    gosto de comédias assim

    ResponderExcluir
  7. eu adorei a resenha, alias eu adoro Sophie Kinsella seja escrevendo como pseudonimou ou assinando por si mesma, esse livro parece ser mais um hilariante romance da autora que sempre arrasa. Eu gostei da capa nacional acgei bem mais bonita que as originais! Estou doida pra ter esse romance aqui na estante e me deliciar! Espero que a sorte sorria pra mim, vou participar do sorteio e torcer muitão, estou doida pra gargalhar com a história de Alexander e Milly.

    ResponderExcluir
  8. Achei que Madeleine fosse o pseudônimo de Sophie, não o contrário. Fiquei curiosa para ler esse livro, a sinopse dele é ótima! De cara, parece ser um livro bem cara de Sophie, cheio de açúcar, mas pela tua resenha já vi que não é exatamente isso.

    ResponderExcluir
  9. Olha, fiquei muito frustrada com "Quem vai Dormir com Quem?". Tinha grandes expectativas pq, afinal, é Sophie e Sophie tem livros engaçadíssimos, mas me enganei... parece até que são duas autoras diferentes. Quero ler "Louca para Casar", mas agora sem desespero XD

    ResponderExcluir
  10. Sua resenha me convenceu! Acho que vale a pena investir (em alguns casos), na leitura que teve criticas negativas, afinal, como no caso desse livro, a leitura pode ser bem vantajosa para o leitor. Pela sua resenha, pude notar que este será um livro bem gostoso de ler e com pitadas de diversão!

    Beijos.

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  11. Eu não sabia que esse romance era da famosa autora Sophie Kinsella, que por sinal eu adoro, mas agora quando eu for ler vou passar o tempo todo comparando a escrita desse livro com os que já li da autora, talvez por isso algumas pessoas não tenham gostado tanto, mas acho que dá para superar o fato e apreciar a leitura, adorei a trama.

    ResponderExcluir
  12. Interessante o uso do nome verdadeiro pela Sophie. Acho que foi isso que ela uis dar a entender mesmo. Como Sophie Kinsella os livros sao mais engracados, bem chick-lit. Mas como Madeleine, ela pode ser um pouco dramatica. Adorei!

    ResponderExcluir
  13. Eu acredito que a história tenha vários momentos engraçados, sendo escrito por quem foi... Eu sei como a época de casamento deixa qualquer um maluco então imagino como deve ser a loucura mencionada.

    ResponderExcluir
  14. Esse deve mais um livro super divertido da Sophie pra ler com muita vontade por ser leve e rápido, não sei por que adoro livros sobre casamentos acho que sou frustrada por não ter me casado com vestido e tudo mais.

    ResponderExcluir
  15. Depois de ler tantas críticas negativas, fico feliz ao ler sua resenha. Acho que a estranheza em relação a forma de escrever ou a história em si não é sinal de que o livro é ruim.
    Eu não li nada da autora ainda para poder comparar, mas fiquei super interessada em ler o livro. Parece divertido, com bons personagens (inclusive secundários). Está na minha wishlist!
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Eu fiquei sabendo do livro Quem vai dormir com quem em resenhas sobre Louca pra casar! XD
    Fiquei doida pra saber como é a escrita da Sophie com o nome de Madeleine! KKKK Acho tão confuso esses homônimos e tudo mais. '-'
    Essa sinopse faz lembrar o filme Doce lar. Acho que é a terceira resenha no mês que eu lembro desse filme.. enfim, quero muito ler Louca pra casar, porque eu acho a escrita da autora uma maravilha do momento em que li Executiva do lar. :x

    ResponderExcluir
  17. O livro ficou muito interessante pelo suspense da noiva ja ser casada, e deve ficar muito legal o livro com essa "corrida do tempo" a procura do verdadeiro marido. Fiquei muito curiosa com a leitura.

    ResponderExcluir
  18. Esse suspense do livro da noiva querendo encontrar seu verdadeiro marido para pode ser casar de novo, deixa a historia com ar um pouco engracado, pelo menos foi a minha primeira impressao.
    Fiquei muito curiosa pela leitura, espero muito ganhar.

    ResponderExcluir
  19. O mais curioso da resenha é o seu comentário dizendo que, por mais que o livro aparenta ser cômico, o mesmo na verdade mostra todos os fatos de uma maneira mais culta, formal. Estava afim de ler ele, e agora estou mais ainda, espero ganhá-lo.

    ResponderExcluir
  20. Sério que o livro não é engraçado como os que a autora escreve como Sophie Kinsella? Que triste! ahhaha
    Eu estou louca para ler este livro. Solicitei em parceria no mês passado, mas até agora não recebi. =/

    Adorei sua resenha (apesar de ter desanimado um pouco por saber que é diferente dos outros livros delas).

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu nunca, repito: NUNCA! Li nada da Sophie Kinsella, quem dirá uma obra dela como Madeleine. Eu não vi as melhores críticas sobre o livro, porém continuei curiosa. Vou participar da promoção pra testar a sorte, tomara que ganhe o livro *o*

    ResponderExcluir
  22. Achei a enredo do livro super bacana, apesar de não ser do tipo super inovador, para o texto ele abria vaaarias alternativas para o desenrolar dele todo!
    Bem, não li muito títulos da autora até hoje, mas achei bem incrível ela escrever em terceira pessoa passando pelo ponto de vista de todo mundo ;D E achei ainda mais interessante que agora o livro não tem só o foco nos problemas da personagem principal, mas todo mundo tem um espacinho dentro do livro!
    Fiquei bem empolgada para conhecer a escrita da autora agora como Madeleine Wickham.
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto muito da narrativa da Sophie Kinsella, apesar de chick-lit não ser meu gênero favorito. Não sei se eu teria vontade de ler mais da autora, mas talvez eu goste mais do lado dramático e tudo mais.

    ResponderExcluir
  24. Nunca li nada da autora, mas adoro chick lit e quero muito ler, mas como os livros dela são um pouco caos eu sempre deixo pra depois. Já gostei desse livro pelo titulo e pela capa. Com certeza vai ser a maior confusão para a Milly

    ResponderExcluir
  25. Li todos os livros dela como Sophie Kinsella, e amo todos. Esse parece seguir o mesmo estilo de sempre e que eu tanto gosto. Uma protagonista muito atrapalhada mas que no final tudo dá certo.
    Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  26. Com esse título imaginava uma trama engraçada, não um drama, rsrs.
    Parece que os personagens secundários foram bem construídos e isso é legal para uma trama.

    ResponderExcluir
  27. Eu adoro a escrita da Sophie e estou curiosa para ver ela nesse estilo diferente. Eu também li algumas resenhas negativas, que não tiraram a minha vontade de ler, mas é bom ver uma positiva.

    ResponderExcluir
  28. Eu já vi muitas resenhas desse livro , mas gostei muito da sua , é claro que se eu ganhar vou gostar muito e dedicar para lê-lo o mais rápido possivel ,mas não é minha prioridade de compra.

    ResponderExcluir
  29. Nunca li nada de Madeleine e acho que no começo deve ser difícil diferenciar da Sophie. Pelo que li não vai ter nada de cômico e vergonhoso como a Poppy, Samantha, Emma... mas aposto que Madeleine não vai nos deixar na mão de um bom romance =D. Adoro livros que tem casamento no meio e todo o drama familiar. AHAHAHA eu gosto de ler pq ainda não me casei né? hahahaha
    bjs!

    ResponderExcluir
  30. Parece roteiro de comédia romântica! Gostei! Estes casamentos de mentirinha para conseguir um green card são bem comuns no cinema e na literatura, será que também são comuns na vida real? Não é uma crítica gostei do apelo do livro com esta situação tão improvável de reencontrar a única testemunha após tanto tempo. Será que a autora já vendeu os direitos para um futuro filme?

    ResponderExcluir
  31. Uau!! Confesso que fiquei curiosa, adorei a resenha e to louca para saber esse drama. Casar com alguém para ajudar a obter o visto permanente, coisas da vida real.

    ResponderExcluir
  32. Uau!! Confesso que fiquei curiosa, adorei a resenha e to louca para saber esse drama. Casar com alguém para ajudar a obter o visto permanente, coisas da vida real.

    ResponderExcluir
  33. E eu que ainda não li nada da Sophie Kinsella? Sempre fui deixando pra lá e acabei que ainda não li nada da autora. Bem, me baseando pela sua resenha, fiquei bem animada para ler esse livro porque parece aquele tipo de história bacana, que diverte (emociona também) mas principalmente diverte. reviravoltas também são muito bem vindas!

    ResponderExcluir
  34. Não sabia que este era o verdadeiro nome da autora. Também ouvi falarem que usando este nome como autora a sua escrita estava deixando a desejar e fico feliz por saber que você gostou. Mas a autora sabe escrever e tenho certeza que irie gostar de mais uma personagem meio amalucada rsrs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  35. Na verdade quem não quer casar neh?
    Achoque irei me identificar muito com o livro.
    Parabens pelaresenha, muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  36. Mais um chick lit para fazer minha alegria, oh my god, quero demais esse livro!!!

    ResponderExcluir
  37. Eu não sabia que o nome da Sophie era um pseudonimo... to em choque...

    bom mas voltando a resenha. Achei a primeira vista que seria mais uma dessas historias mimimi, aguinha com açucar, você me surpreendeu falando o drama que há nessa historia.

    Acreditei que seria uma espécie de sessão da tarde depois de ler a sinopse , que é o que parece... não parece ter esse drama plano de fundo ...

    fiquei curiosa agora... Quero ler!!

    bjuus

    ResponderExcluir
  38. Nunca li um livro dessa autora,mais achei interessante a historia.......

    ResponderExcluir
  39. Acreditas que nunca li nada da Sophie Kinsella!! E adorei saber que ela faz chick lit que tanto amo. E ainda mais que esse livro é em terceira pessoa, melhor ainda. Gostei do enredo, parece ser engraçado e quero muito ler. E amei também a capa do livro.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  40. Oi, sou nova por aqui, e estou adorando o blog! Parabéns pela resenha, parece ser um livro bem para descontrair mesmo... uma leitura leve! Não li nenhum livro da Madeleine Wickham, e me interessei por esse... sem falar que a capa é uma fofa!!! Bjos.

    ResponderExcluir
  41. A escritora cujo pseudônimo é Sophie Kinsella se for para ser medida pelo seu livro mais famoso (Becky Bloom), tenho que ser sincera e dizer que ela não escreve o meu estilo preferencial de livros. Digo isso porque li cerca de um quarto do livro e foi simplesmente algo aterrador. Além de achar a personagem sem nenhum carisma, o único no que o livro focava era em compras. O que apesar de ser um tema bom, me parece simplório demais para ser abordado em todo uma série. Mas bem, gosto é gosto, não é? Todavia, como você fez um parênteses sobre a escrita diferenciada da autora nesse livro, tentarei dar mais uma chance a ela.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  42. Oi Ly!
    Você viu minha resenha, então sabe que não curti tanto porque foi um choque muito grande pra mim ver as diferenças entre as escritas da Sophie e da Madeleine.
    De qualquer maneira, como você, também curti os outros núcleos, mais até do que o principal.
    Que bom que você gostou!!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  43. Achei muito interessante,fiquei super ansiosa para ler e ter o livro.Parabéns pela excelente resenha.

    ResponderExcluir
  44. Apesar de sempre ouvir falar da Sophie Kinsella nunca li nenhum livro dela, esses dias estava pensando em comprar um livro dela da série Shopaholic mas acabou que nem tchum. A história desse livro me interesso muito e já fico até imaginando o final. Que garota não adora uma romance?! Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  45. Nunca li nenhum livro da Sophie/Madeleine, mas acho que vou começar a ler. Só falam bem dela. Haha Sua resenha desse livro me interessou, acho que deve ser mesmo bem legal. Vou até participar do sorteio. :P
    Beijos

    ResponderExcluir
  46. Excelente resenha... desse jeito a wishlist só aumenta!!!

    ResponderExcluir
  47. Eu vou me casar esse ano e fiquei louca para ler essa história! Não conheço a autora ainda, mas pela resenha parece muito boa :)

    ResponderExcluir
  48. Ahhh, Sophie Kinsella é muito diva. Estou até agora roendo unha para ler o mini Becky Bloom. Esse parece ser muito bom e, honestamente, achei uma das melhores capas dela. Agora, peraí, para tudo! Madeleine? Sabia nunca!

    ResponderExcluir
  49. Queria saber como é que funciona isto de 'casar de entirinha', queria ver no que daria esta loucura, rsrs.
    Nunca li nada desta autora, nem com o nome verdadeiro e nem com o pseudônimo, as nunca me faltou vontade...

    Vanessa - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  50. acho que nunca li livro com protagonista feminino, esse em pareceu interessante, até porque uma amiga minha me indicou dizendo não ser tão açúcarado para mim.

    ResponderExcluir
  51. Nunca li nadinha da Kinsella, e quero conhecer o estilo de escrita dela. Acho que começar com um livro + sério dela é uma boa pedida. Gostei do enredo do livro, ainda mais por ser na Inglaterra S2!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  52. Sou apaixonada pelos livros da Sophie e tenho muita curiosidade de ler esse que ela escreve como Madeleine. Achei interessante você ter dito que a narrativa é diferente dos outros livros e quero muito conhecer esse lado da autora. Ótima resenha!

    bjs
    www.marianaesuaestante.com

    ResponderExcluir
  53. Nunca li nada da autora e reconheço que estou muito curiosa, pois leio tanto resenhas positivas e negativas dos livros. Esse livro mesmo dividem opiniões pelo que li ma blogosfera literária.Tenho uma duvida sobre essa historia, como assim a garota esquece que tinha se casado antes? Isso é tão pouco provável, mesmo que fosse um casamento de "mentirinha". Acho que só lendo mesmo pra entender.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  54. Que enredo engraçado - não que o livro seja de comédia, mas ao ler a sinopse a primeira impressão que tive é que o livro se trata de uma comédia e uma corrida contra o tempo para esconder a verdade. Não parecia se tratar de uma história mais séria.
    Não pretendo ler esse livro. Mas uma vez desejo boa sorte aos participantes do sorteio.
    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  55. O enredo lembra até a uns filmes, sendo que com algumas diferenças.
    Já conheço essa autora e adoro seu livro escrevendo com Madeleine Wickham creio que ela adotou uma outra vertente de escrita. A comédia como Kinsella é ótima e já ficou marcada.
    Interessada em saber como ela escreve como Wickham.

    Abç,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  56. Louca, louca, Louca para ler esse livro, afinal, não perco nenhum lançamento da minha DIVA Sophie Kinsella.

    Claro que a personagem tem que se enrolar até dizer chega, senão, não seria um livro da Sophie.

    ResponderExcluir
  57. Acho que sua resenha acabou deixando todas as leitoras Loucas para casar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Preciso saber o desfecho dessa história.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  58. Eu virei fã da autora quando li "Fiquei com seu número". A escrita leve e descontraída dela é pra todos os momentos! A história de Sam e Poppy me conquistou, e muito!

    Louca pra casar entrou logo na minha lista, mas depois dessa resenha, já não quero mas preciso! /o\

    ResponderExcluir
  59. Adoro os livros da Sophie Kinsella! Nunca li nenhum livro da Sophie como Madeleine, mas depois da sua resenha fiquei curiosa! Adoro livros com temática de casamento! hehe :D

    ResponderExcluir
  60. Pela sinopse o livro parece ser muito bom,com segredos e descobertas.Enfim algo bom pra nos prender e nos fazer entretidos.Gosto disso,uma noiva cheia de mistérios e correndo contra o tempo pra não ser descoberta.Adorei sua resenha.Beijos.

    ResponderExcluir
  61. Estou doida por esse livro desde o momento que eu o vi! Estou namorando com ele até agora e não o tenho em mãos ainda :\
    Enfim... Percebo que algumas pessoas não tem gostado tanto do livro, não sei porque, o livro parece trazer uma narrativa bem interessante. Acho que quem não gostou foi pelo fato de já ter lido um livro da Kinsella onde a narrativa é diferente (as pessoas dizem, eu não faço ideia, porque nunca li) e se entregaram demais, com muita sede nesse livro!
    É um dos meus livros desejados, que pretendo ter em mãos, conhecer a escrita da autora. E sim, pretendo ler os livros com pseudônimo Sophie Kinsella!
    Ótima resenha, aliás!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  62. Desde que li Becky Bloom tenho vontade de ler esse livro, é uma daquelas vontades meio louca, adorei essa resenha, e nem sabia que Sophie Kinsella era um pseudônimo, mas eu fiquei bem curiosa para ler esse livro, a trama parece ser bem interessante, e já sei para quem iria torcer nesse livro haha.

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  63. Nossa eu achava que que Madeleine que era pseudônimo de Sophie. Eu já li Becky Blom e adorei. Lendo a sua resenha fiquei super curiosa para saber o desfecho do drama de Milly e este livro já entrou para minha lista de leitura. A narrativa parece muito interessante. Também fiquei curiosa pelo fato da escrita desse livro não ser igual ao livros escritos como Sophie. Agora é só ler !

    ResponderExcluir
  64. Nossa!! Não sabia que Sophie na verdade não era Sophie. Gosto muito dos livros da autora e estou muito curiosa para ler essa versão menos divertida e mais dramática.

    ResponderExcluir
  65. Eu ainda não li os livros da Sophie. Embora ela seja uma das autoras que mais desejo ler as obras, o preçinho dos livros dela não contribuem nem um pouco para isso =(
    Eu acho interessante quando os autores saem de seus pseudônimos e resolvem escrever outras histórias diferentes de seus gênero habituais pois mostram que são "versáteis" e, principalmente quando eles se dão bem em escrever vários estilos como a Sophie/Madeleine.
    Eu gosto de alguns romances dramáticos, não me encaixo muito naquele dramático "triste" mas os mais voltados para o romance geralmente me conquistam muito e pelo que tenho lido sobre esse livro é isso que se encontra nele, um drama, sim, mas nada triste ou algo do tipo, mas sim uma personagem que se meteu em uma "encrenca" rs
    Mas ainda acho que prefiro conhecer a autora começando pelos livros de chick-lit dela.

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  66. Quero muito ler esse livro, adorei sua resenha. Ainda
    não li nada da autora.

    Amabile

    ResponderExcluir
  67. Eu achei a história divertidíssima. Ri um pouco lendo teu post e acredito que durante a leitura, terei momentos de ataque de riso. Sou dessas..

    Julia Martins
    @JoolsMartins

    ResponderExcluir
  68. Pela resenha, percebesse que é uma história muito legal, ainda mais quando o passado retoma no presente da personagem, adoro quando isso acontece hahahahhha

    ResponderExcluir
  69. Parece ser bem divertido e dinamico, uma correria pra salvar o seu casamento! Gostei!

    ResponderExcluir
  70. Gostei que o estilo do livro é um pouco diferente dos outos chick-lit que ela escreveu. Pela sua resenha tenho tudo pra gotar desse livro até porque é narrado em 3° pessoa e eu gosto bastante disso.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  71. Quando vi a capa, pensei: deve ser uma história de romance. Não, deve ser uma história interessante, pois para a personagem casar, precisa buscar o ex marido. Aí surge aquela história: será que ela vai conseguir encontrá-lo?

    ResponderExcluir
  72. A capa não tinha me atraido..
    Mas depois de ler a sinopse e a sua resenha fiquei curiosa e ansiosa para conhecer a história, será que ela consegue resolver tudo no final?

    ResponderExcluir
  73. Puxa! não sabia que esse era o verdadeiro nome dela, já tinha visto outras resenhas por ai e não vi isso não, muito om saber!
    Da autora só li mesmo um livro, fiquei com o seu número, gostei bastante, mas fiquei meio receosa quanto a esse, imaginei que o livro em si era engraçado, mas
    é só a personagem, muito diferente do que li.
    Bem, participando da promoção, espero ganhar e comprovar como a escrita da autora muda de um nome para outro.
    bj

    ResponderExcluir
  74. Puxa! não sabia que esse era o verdadeiro nome dela, já tinha visto outras resenhas por ai e não vi isso não, muito om saber!
    Da autora só li mesmo um livro, fiquei com o seu número, gostei bastante, mas fiquei meio receosa quanto a esse, imaginei que o livro em si era engraçado, mas
    é só a personagem, muito diferente do que li.
    Bem, participando da promoção, espero ganhar e comprovar como a escrita da autora muda de um nome para outro.
    bj

    ResponderExcluir
  75. Adorei a resenha e estou super a ansiosa para saber o final do trama, torço pelo sucesso dos personagens.

    ResponderExcluir
  76. Eu não sabia que este era o nome verdadeiro da autora de Becky Bloom, bom ainda não li nenhum livro dela, seria muito legal começar por este,. Gostei da resenha, quero ver como Milly vai conseguir sair dessa situação e faz um tempão que não leio um bom romance.
    Uma forte abraço.
    Amanda Ramos

    ResponderExcluir
  77. Ish, esse livro n é pra mim. N seu pq, mas achei muito clichê, msm n me importando muito o.O de qualquer forma, nem vou colocar na minha lista. :x

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...