[Resenha + Sorteio] Juntos para Sempre - Walcyr Carrasco

15 de abril de 2013
Título: Juntos para Sempre
Autor: Walcyr Carrasco
Editora: Arqueiro
Páginas: 208
Ano: 2013
Mais informações: Skoob

Sinopse: Alan é um advogado bem-sucedido de São Paulo e leva uma vida aparentemente perfeita: mora em uma cobertura luxuosa, namora uma mulher lindíssima e pode ter tudo o que quiser. Mas todas as noites é atormentado por um sonho que o leva a um amor de outra vida. Assiste à morte na fogueira de uma jovem. E nesse momento promete: “-Eu me amarei para sempre!”. Envolvido por esse mistério, Alan vive dias de angústia. Tudo muda quando ele viaja para uma cidade do interior e encontra uma moça semelhante à que aparece em seu sonho. Essa é a primeira de várias evidências de que nada acontece por acaso. Mas, para seu espanto, a moça foge aterrorizada ao deparar com ele. Agora Alan precisa descobrir quem é essa mulher e qual é a ligação entre eles. Para isso, terá que rever sua existência e descobrir que as coisas realmente importantes não podem ser compradas. Auxiliado pela Terapia de Vidas Passadas, ele se entregará a uma árdua jornada de autoconhecimento. E entenderá que, embora o passado não possa se mudado, há uma nova vida para superar os erros e refazer os laços de amor, em busca de um futuro luminoso. 

“- A vida é como uma paisagem, não acha, Alan? A gente vê o que está a frente, em primeiro plano. O que passou fica borrado, os detalhes se confundem, o sentimento perde a cor.

Fiquei muito curiosa para ler 'Juntos para Sempre', porque como muitos devem saber, Walcyr Carrasco é o responsável por novelas de sucesso como 'Alma Gêmea', a adaptação de 'A Megera Domada', de Shakespeare, com a novela 'O Cravo e a Rosa' e 'Chocolate com Pimenta'. Hoje não consigo mais acompanhar nenhuma novela, mas certamente, essas fizeram bastante sucesso na Globo. A minha curiosidade se deu justamente em saber como um novelista iria transformar um enredo seu em livro, que é bem diferente dos diálogos e ambientações que ocorrem em televisão.

O advogado de São Paulo, Alan, vive uma vida de conforto e relativo sucesso com sua profissão, mas possui noites perturbadoras com o mesmo sonho: a morte de uma mulher na fogueira e a visão dele próprio fazendo a promessa de que iria amá-la para sempre.

Tobias é um amigo de longa data de Alan, pois se conheceram na faculdade de Direito, porém, ele não chegou a completá-la. Ruim para Tobias que sempre se mete em confusão e conta com a ajuda preciosa de seu amigo para defendê-lo e ajudá-lo financeiramente, pois, além de projetos administrativos fracassados, Tobias tem com sua mulher Helena, uma filha que requer um cuidado todo especial, Alice.

Uma das últimas proezas de Tobias é arrumar um tio que lhe deixou como herança uma fazenda no meio de uma cidade interiorana. Porém, o testamento está sendo contestado por duas pessoas que foram criadas por seu tio como filhos e acham que, por direito, devem ficar com a fazenda. Anna e Thiago são irmãos, e Alan quer descobrir porque Anna se parece tanto com a doce mulher de olhos verdes dos seus sonhos.

O livro estava indo bem. Confesso que esses livros com mensagem espírita não são do meu gênero favorito, mas não desprezo a leitura deles. Acho que o autor tinha um bom enredo nas mãos (com as lembranças de Alan de sua vida passada como Inquisidor e afins), mas a forma de narrativa do Walcyr ficou muito truncada pra mim, difícil de fluir. Isso se deve às frases curtas que permeiam o livro TODO. Sério, desde o início da narrativa encontrei dificuldade em achar uma frase que possuísse mais de 4 palavras antes de um ponto final. Vou dar um exemplo:

Pés descalços. Cabelos negros. Desalinhados, caíam até quase a cintura. Pele queimada de sol. Nos pulsos, mãos e tornozelos, as marcas de tortura. Feridas nos pés. Manchas roxas de pancadas. Sangue pisado nas faces. [...]

Não sei para vocês, mas essa frase é incômoda, não pelo conteúdo que por si só é descritivo, e sim pela forma como foi escrita, com pausas desnecessárias. O livro todo é assim. Não sei se é um estilo proposital adotado pelo autor, mas me senti realmente incomodada com isso. É um livro relativamente pequeno, com 208 páginas, bons personagens, mas tinha de tudo para ser melhor e fluído se não fosse por esse tipo de escrita. E também senti que do meio para o final o livro ficou bastante corrido, como se o autor tivesse sido "obrigado" a encerrar a história de Alan e Anna de um jeito ou de outro. Estou louca para ler outras opiniões e saber se foi apenas impressão minha. Se alguém tiver lido, por favor, fale nos comentários! :)


SORTEIO DO LIVRO

Quer concorrer à um exemplar? Em parceria com a Arqueiro, o Brincando com Livros sorteará um exemplar do livro. A promoção vai até o dia 05/05. As regras são as usuais, mas qualquer coisa, só entrar em contato! o/

Boa sorte à todos!!!! =D



a Rafflecopter giveaway

Não se esqueça de comentar na postagem e participar do Top Comentarista de Abril! \o/
Labels: , , ,

54 comentários :

  1. Olha, eu até me motivei a comprar, mas depois de ler as paginas disponíveis para prévia, desisti. E pelo mesmo motivo, a narrativa pra mim não fluiu legal.

    Abraços,

    http://diariodomichaeljosh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quero ler esse livro pq amei as novelas que o autor fez, mas confesso que estou meia com o pé atrás pelo que vc mostrou da narrativa dele...será que vou gostar? Não custa tentar neh?

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia o trabalho dele como escritor. Mas a temática do livro me interessou bastante, espero um dia conseguir ler!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Eu quero muito ler esse livro, gosto muito das novelas dele, tomara que o livro corresponda as minhas expectativas. Beijo

    Mundo de Nati
    @meuamorpravoce

    ResponderExcluir
  5. Eu queria muito ler este livro pois adoro livros sobre reencarnações, mas depois de algumas resenhas assim como a sua, eu não sou muito fã de livros que te cansam ao lê-lo...então vou tentar a sorte no sorteio, dai eu o leia.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ly, eu fiquei bem curiosa pra ler esse livro, adoro livros com mensagens espiritas, coisas de vidas passadas e etc...
    Quanto a narrativa, eu não sei te dizer se me incomodaria porque nunca li nada assim, mas acho que não me incomodaria não, só lendo pra ver mesmo!!!
    Adorei a promoção quero muito ganha-lo, quem sabe não dou sorte né.
    Beijos flor.

    ResponderExcluir
  7. não gosto de assistir novelas, mas as que Walcyr escreveu fizeram muito sucesso mesmo, e as poucas que "acompanhei" achei muito interessante...
    estou muito curiosa para ler este livro, e é claro que eu não ficaria de fora do sorteio de forma alguma né :P
    ainda não li o livro, mas quando eu ganhar o sorteio e ler (hahaha) venho te contar o que eu achei deste final :D

    ResponderExcluir
  8. Olha, eu já até me desanimei em ler o livro. Realmente as frases são muito curtas e truncadas. Cansa mesmo. Em um texto pequeno até que frases assim são bonitinhas, mas em um livro cansa quem está lendo. Nunca li nada espirita. Não sei se vou gostar, mas adoro o Walcyr Carrasco, suas novelas e sigo ele pelo twitter. É uma pessoa bem legal. Vou torcer para ganhar o livro e assim te falar se gostei ou não dele.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lygia, eu li esse livro e gostei! Já conhecia o Walcyr da minha infância com Estrelas tortas - que foi um livro que li, reli e li mais vezes nos meus 11, 12 anos e amei.

    Confesso que não cheguei a me incomodar com as fases curtas, mas me incomodei com o ritmo acelerado das coisas e, embora eu não seja espírita, gostei da ideia e da trama dele. Por não conhecer bem o funcionamento, não sei qual o ritmo de descobertas sobre você mesmo que você pode fazer [falo de regressões] mas nesse livro achei que tudo foi muito rápido.

    Também senti que do meio pro final correu e não achei o fim da Érica legal. Mas enfim, gostei do livro.

    Beijocas!

    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  10. eu acho que esse livro deve ser muito bonito, tentarei o sorteio

    ResponderExcluir
  11. Não tive interesse em lê-lo justamente por causa da temática espírita, não leio livros que seguem essa linha.
    Achei a frase incomoda também, acho que teria abandonado a leitura...

    ResponderExcluir
  12. Acho tão legal essa questão de regressão, mas confesso que não me habilito a fazer, pq temo o que posso descobrir. hahaha
    O que será que o rapaz aprontou para a moça ficar tão assustada? Deve ter sido algo "cabeludo", hehe.
    Essa capa é tão linda, parece um sonho.
    Adorei a dica e a resenha. =)

    ResponderExcluir
  13. Ly, eu fiquei curiosa pelo livro justamente por esse toque espírita! Achei o título lindíssimo e acredito que eu gostaria da leitura!
    Eu entendo seu ponto de vista sobre a escrita e concordo que ele pode ser cansativo. Vamos ver, caso eu leia, se vou conseguir me acostumar ou não!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não me decidi sobre o livro - se quero ou não ler... rs
    (Gente indecisa sofre... rs)
    Mas achei bem interessante o tema!

    ResponderExcluir
  15. Eu estou muito curiosa para ler este livro! Deve ser realmente muito bom!

    ResponderExcluir
  16. A trama parece ser muito legal, e vindo de um dos maiores novelistas do Brasil, e com o historico maravilhoso dele com relação ao amor de almas gêmeas, realmente atiçou a curiosidade. É realmente interessante ver essa trama como livro e não adaptado como novela.

    ResponderExcluir
  17. Quando li que o autor do livro era Walcyr Carrasco, não me interessei e nem li a sinopse!!
    Depois de ler a sua resenha e saber que o tema do livro é espiritismo, ele vai passar longe da minha wishlist!

    ResponderExcluir
  18. Olá linda, tudo bem com você ?
    Passando para dizer que adorei o seu blog. Achei ele que por acaso, pois estou visitando bastante gente hoje (risos)
    Mas adorei suas postagens, ainda mais se tratando de algo comum que são os livros. Enfim...Gostaria de te convidar a conhecer meu cantinho e também se quiser me linkar e me seguir, farei o mesmo pelo seu blog. Se puder também curtir minha pagina no facebook estarei te aguardando. Gostei muito daqui e espero que possamos ser boas amigas.
    beijinhos e parabens pelo seu cantinho. Adorei o Layout também =]]

    beijinhos querida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Logo que ouvi falar do lançamento já coloquei o livro na minha lista de desejados... Até ia no lançamento aqui em SP amanhã, mas tenho prova na faculdade no mesmo horário.
    Poxa, fiquei chateada tbm com essas frases curtas. Não sei se ainda quero ler. Mas gosto muito dessas temáticas espíritas, então acho que vou superar esse pequeno defeitinho!

    ResponderExcluir
  20. Eu sou uma vergonha em lembrar dos nomes dos autores de livros, acho que o Walcyr quem escreveu o livro "Um anjo de 4 patas", não? Aquele livro eu amei, gostei da escrita, e chorei com o final como uma boa manteiga que sou!
    Agora Para sempre tem um tema que eu não tenho interesse de ler que é o espiritismo, mas vou participar da promoção e se ganhar dar de presente pra mamãe que gosta!
    E eu não gosto de frases pequenas também. :/

    ResponderExcluir
  21. Há muito tempo que eu não leio um livro com essa temática espírita, mas o assunto me interessa profundamente, ainda mais se for trabalhado por alguém com conhecimentos espíritas. Não sei se esse é o caso, mas mesmo que seja, fiquei um pouco desconfortável com essa questão da narrativa dele que você mencionou. Então não sei se lerei ou não o livro. Confesso que agora fiquei dividida. :(

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Eu achava que esse livro seria muito bom, mas na maioria das vezes não é como a expectativa kkk. Também não gostei de tantas pausas naquela frase.

    ResponderExcluir
  23. Já li um livro do Walcyr Carrasco e tenho outro aqui dele pra ler tbm. O único que li confesso que a história em si não prende muito, etc. Nunca li livros espíritas e tal, mas essa coisa de frases muito curtas se não souber usar quebra muito o ritmo do livro. Eu li sua resenha e lamento muito que não tenha gostado, eu não me interessei pelo livro pelo fato dele pertencer a um gênero que eu não gosto muito, mas a proposta do livro em si é boa, pena que ele não tenha aproveitado da melhor maneira.

    ResponderExcluir
  24. Ainda não tinha ouvido falar nesse livro, a primeira vez que vi sua capa foi aqui mesmo no seu blog, no post Renovando a estante. Aprecio muito as novelas do Walcyr Carrasco, mas pelo jeito acho que como escritor de livros ele não é bom não. Assim como você, não gosto de livros com lições espíritas e esse jeito dele de escrever o livro, todo pausado, me incomodaria muito. Imagina, se só o quote que você destacou já me incomodou! Acho que não leria esse livro, não faz meu estilo e não gostei da escrita do autor.

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  25. Ainda não li o livro, mas gostei da premissa. Essa pontuação excessiva no livro inteiro deve incomodar mesmo, até entendo usar em um paragrafo, mas no livro todo acho que é um exagero.

    ResponderExcluir
  26. Oi Ly,
    Super entendo o fato da narrativa ter te incomodado. Ainda não li nenhuma resenha desse livro, mas tirando por esse exemplo de quote que você colocou, também não curtiria.
    A temática do livro não é muito meu gênero, com isso somando-se ao fato já citado, vou deixar esse passar!
    Gostei da resenha!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  27. A resenha é uma apetitoso petisco para a obra. É fascinante a literatura espiritualista, que propõe a necessidade do resgate de vidas passadas. Estou ansiosa para conhecer mais "de perto" os personagens!

    ResponderExcluir
  28. Eu sinceramente fiquei interessada em ler esse livro, depois que li sua resenha, parece ser bem interessante. Curti (:
    E o que mais me interessou, foi o fato de escritor ser brasileiro, algo que, na minha opinião, devia ser mais valorizado por aqui, né?
    beijo.

    ResponderExcluir
  29. Eu sinceramente fiquei interessada em ler esse livro, depois que li sua resenha, parece ser bem interessante. Curti (:
    E o que mais me interessou, foi o fato de escritor ser brasileiro, algo que, na minha opinião, devia ser mais valorizado por aqui, né?
    beijo.

    ResponderExcluir
  30. Eu me interessei em ler esse livro, depois que li sua resenha. Não sou acostumada a ler algo do gênero, mas esse parece ser legal. Curti (:
    O que mais me motivou também, é pelo escritor ser brasileiro, algo que, na minha opinião, deveria ser mais valorizado por aqui, né?

    beijo.

    ResponderExcluir
  31. Eu gostei bastante da sinopse e da temática espírita, e fiquei com vontade de lê-lo, mas leitura que não flui não dá =(. Poxa, dá até uma raivinha o autor desperdiçar um tema tão bom quanto esse, todo o mistério e o descobrimento da vida passada do Alan. E que tipo de trecho é esse?! ahahahaha que chato tantas pausas.
    bj

    ResponderExcluir
  32. Já li um livro do Walcyr e gostei muito! Sua escrita consegue prender o leitor à história. Mas tenho dúvidas em relação a esse lançamento, por conta do tema abordado! Vou participar da promoção para tentar ganhar! :)

    ResponderExcluir
  33. Eu quase pedi esse livro quando recebi a sinopse. Também fiquei curiosa com o autor por causa das navelas - que eu também não veja há anos. Mas o lance do espiritismo realmente me desanima. Por fim, pedi outro livro que eu to querendo muuito *-* hahaha

    Sobre essas frases curtas, às vezes elas funcionam bem, em algumas cenas de ação, ou suspense, sabe. Mas no livro todo? Nossa! Parece incômodo mesmo :x

    ResponderExcluir
  34. Não gosto de novelas e a sinopse tem toda a cara de novela melosa e ainda por cima se utilizando da temática espírita. Provavelmente foi um roteiro que não conseguiu vender e resolveu transformar em livro.

    ResponderExcluir
  35. Oi Lygia... não li esse livro e não curto muito essa coisa de livro espirita. Não sei se termina como toda novela, mas provavelmente sim.
    Me deixou muito incomodada o trecho que você colocou... não gosto de livros assim.Ele deveria lembrar que não é roteiro e sim um livro mesmo.

    bjuss

    ResponderExcluir
  36. Já li Uno do mesmo autor e gostei muito, talvez por ter se tratado de bicho...rs mas eu me encantei por esta capa e tenho muita vontade de ler.... confesso que o trecho foi incômodo mesmo, porque não fazer fluir mais....
    mas não me incomodo em ler estórias com o lado espírita... vamos ver minha opinião quando ler...

    ResponderExcluir
  37. Já li Uno do mesmo autor, mas por se tratar de cachorros deve ser o porque gostei tanto...
    eu me encantei por esta capa e confesso que a história parece interessante... mesmo levando para o lado espírita...

    o trecho que apontou é estranho mesmo, já que haviam maneiras de desenvolvê-lo mais.

    ResponderExcluir
  38. Tenho de admitir que sou fã de novelas, ainda mais as bem escritas e com histórias coerentes, como são as do Walcyr, a história me chamou bastante atenção, apesar de não gostar muito do tema espírita, eu acho que as pausas em meio as frases são em decorrência da experiência do Walcyr em escrever diálogos para novelas, não acho que isso pode atrapalhar a leitura, mas de qualquer modo por ser um livro pequeno e que me parece ter uma boa história quero muito ler este livro!!

    ResponderExcluir
  39. Oi Ly

    queria muito ter ido no evento de lançamento do livro, adoro as novelas dele!
    Vou participar da promo amiga :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  40. Eu não sabia que o Walcyr também escrevia livros , gosto muito das novelas dele (principalmente O Cravo e a Rosa) e o título do livro me chamou a atenção ,sabe,isso de rever a vida da gente ,faz com compreendamos melhor nossa existência...

    ResponderExcluir
  41. Não li o livro e as resenhas que vi sobre ele alternam-se entre bom e ruim. Acho interessante essa temática de reencarnações, sonhos, TVP e coincidências. Espero que o livro não seja do tipo "forçar a barra" para encaixar tudo tipo perfeitinho demais rsrs

    ResponderExcluir
  42. Walcyr Carrasco é o que há. Sou muito fá, quero muito esse livro, amei suas resenhas, adoro o blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  43. Eu sou fã do Walcyr Carrasco, assisti algumas novelas dele e adorei, mas com os livros, ah, ele se supera, eu tenho na minha lista de favoritos A Corrente da Vida dele, que tocou no fundo da minha alma, mexeu demais comigo. Acho que mesmo a leitura sendo difícil, cheia de pausas, vou amar este novo livro dele. Eu não tenho religião, mas acredito em Deus, sou aberta a todo tipo de religiões e já tive experiências com o espiritismo, inclusive já li livros espíritas e Nada é Por Acaso da Zibia Gasparetto está nos meus favoritos, acho que vou gostar das mensagens deste livro!
    Quero lê-lo logo, não vejo a hora!

    ResponderExcluir
  44. Eu adoro as novelas do Walcyr... Não sabia que ele escrevia livros também (óbvio que sim, ele é autor... dãã).
    Adorei a capa!

    ResponderExcluir
  45. Já tinha ouvido falar desse livro, mas julguei esse livro não pela capa, mas pelo autor huahuahuahua pode isso? Mas depois li algumas resenhas sobre esse livro e até achei interessante.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  46. Ainda da tempo de participar e quem sabe ganhar o livro, vi este livro estes dias na biblioteca aki da cidade e não peguei,ja tinha gente agendado para ele rsrs odeio pausas desnecessárias também, mas quero muito este livro apesar do final corrido rs ♥

    ResponderExcluir
  47. Não gosto muito da temática espírita e por isso não me interessei nele. A frase também me incomodou, talvez para pessoas que conseguem atropelar as pontuações não seja um problema. bjs

    ResponderExcluir
  48. O enredo é até bom, mas creio que seria um daqueles livros que lerei e abandonarei, não curto esse negócio de espiritismo.

    ResponderExcluir
  49. O livro me encantou logo que tomei conhecimento do seu lançamento. Primeiro por se tratar de um tema espiritualista, que adoro. Vidas passadas, amor, resgate são temáticas que me envolvem e adoro ler.
    Segundo por ser de Walcyr, escritor e novelista consagrado, novelas que amei acompanhar.
    Quero ler, sem dúvidas!

    ResponderExcluir
  50. Ydianara Oliveira2 de maio de 2013 12:51

    Adoraria ganhar!
    Estou muito curiosa e afim de ler!

    ResponderExcluir
  51. Oi Ly! Eu sou suspeita para falar de livros espíritas. Não só a narrativa espírita me fascina como a própria doutrina. E como estudiosa, a minha maior curiosidade com relação ao livro é saber em que base da doutrina ele se inspirou para escrever. Como trata esse tema, vidas passadas, reencontros, "ajustes de contas", etc.
    Como novelista ele é excelente. Adorei Alma Gêmea, apesar de alguns erros com relação a reencarnação, mas na grande maioria ele acertou. Espero conseguir ler o livro...e então poder falar sobre ele com você. =)
    Beijinhos.
    Van.

    ResponderExcluir
  52. Minha querida, a temática é igual a toda novela água com açúcar, bem nada contra quem fica três meses diante de uma tv acompanhando uma novela e depois da frase que você citou, cheia de pausas, só mesmo com muita fé para ler um livro desses!

    ResponderExcluir
  53. Li em poucas horas e não tenho do que reclamar, achei a leitura fácil e bem descontraída. O tema foi bem abordado e indico, sem dúvida alguma.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...