Minha Metade Silenciosa - Andrew Smith

11 de fevereiro de 2014




Minha Metade Silenciosa é aquele tipo de livro que é "amorzinho" mas que parte o seu coração em mil pedaços...comentei em muitas fotos no Instagram, onde via esse livro sendo fotografado, com <3 e </3, porque basicamente é o que ele representa.

Já adianto que a história dos irmãos Bosten e Stark McClellan merece ser lida pelo maior número de pessoas possível! É do tipo que te deixa com a sensação de "bola de meia" na garganta, ao mesmo tempo que ensina tanta coisa, ensinamentos esses que vão sendo aprendidos por Stark.






Devo primeiro agradecer à resenha do Café com Blá Blá Blá sobre esse livro. Quando recebi o exemplar eu não tinha entendido o porquê do livro não possuir sua orelha direita, e só na resenha deles que descobri o motivo. Em um primeiro momento, achei que o livro era "defeituoso", e foi justamente esse o impacto com relação à narrativa: o protagonista e narrador, Stark, nasceu sem sua orelha direita. Um dos vários "socos no estômago" levados durante minha experiência com Minha Metade Silenciosa.


"O mundo para mim soa diferente de como soa para todas as outras pessoas. Basicamente o tempo todo, ele soa                               assim. Metade da minha cabeça fica em silêncio."

Esse poderia ser apenas mais um livro sobre a descoberta da adolescência, o poder da amizade e amor verdadeiro entre irmãos, ou então sobre os sentimentos e reflexões fortes de um jovem que pensa menos de si mesmo por causa da deficiência em uma parte do seu corpo. Poderia ser um "apenas", mas não é. É o tipo de livro que é "O" Livro, daqueles que entram na sua vida pra te marcar, te ensinar e pra ficar na lista de favoritos para sempre.

Bosten tem que achar a si mesmo fora de casa, onde pensamos que deve existir todo o tipo de amparo, carinho e amor possível. E Stark só é ele mesmo sendo o "Palitoso" de seu irmão, apelido carinhoso que Bosten dá à ele.

Todas as vezes que leio sobre o tema de violência doméstica, além da revolta, sou grata por ter sido criada em um ambiente com tanto amor. E o normal e correto seria isso: nossos pais serem nossos defensores e melhores amigos em qualquer situação, nossos maiores educadores, porém, sempre com paciência, dedicação e afeto. E vem a velha reflexão de que existem pessoas boas, como Dahlia, que me faz ver que existe esperança para a humanidade, e então pessoas tão fadadas ao preconceito como os Buckley, ou violentos e inescrupulosos como o sr. e sra. McClellan. A adolescência por si só já é tão complicada que os garotos não precisavam passar por tudo que passaram.

Eu sei que, no final das contas, a Metade Silenciosa de Stark, Palito, Palitoso, falou muito mais alto ao meu coração do que seus ruídos de desesperança!


Título: Minha Metade Silenciosa
Autor: Andrew Smith
Editora: Gutenberg
N° de Páginas: 304

Labels: , , ,

20 comentários :

  1. Meu deus eu quero MUITO ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 Tomara que goste tanto (ou mais!) que eu! <3

      Excluir
  2. Gostei muito desse livro e fiquei torcendo para ganhar a cortesia no skoob, mas não deu. Não sabia sobre os "defeitos", mas pelo que entendi é uma simbologia relacionada ao que se passa no livro, isso é interessante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa! Tbm achei bem interessante. Não sei se isso foi feito só na edição brazuca, vou pesquisar sobre isso! <3

      Excluir
  3. Super querendo esse livro, e quase comprei ele na livraria, mas tava por um preço carinho demais pra edição, então nem levei, mas espero adquirir em breve. Ultimamente tenho tido a vontade de ler livros desse tipo, voltados para esse lado mais melancólico e tals. Acho que irei gostar. Achei inovador a falta de uma orelha no livro, kk, como o personagem.

    Abraços,
    - pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joshua, vale MUITO a pena esse livro. Vou fazer sorteio aqui no blog...fica ligado, vai que você não é o sortudo? ^.~
      Beijos e obrigada pelo comentário! :)

      Excluir
  4. gosto desses livros assim, com bastante carga emocional, e que traz grandes mensagens...
    achei legal essa semelhança entre o personagem e o livro!
    obrigada pela dica Lygia, vou tentar ler ele logo, e acredito que irei me emocionar muito ♥ *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayme! :)
      É realmente uma grande leitura! Acho que vc vai se emocionar sim! Se for ler, depois volta pra me contar o que achou! <3

      Beijos e obrigada por sempre comentar no blog! ^.~

      Excluir
  5. Oi Lygia, não conhecia esse livro mas percebi pela tua resenha que ele é bem do estilo que gosto, um livro que mexe com os sentimentos do leitor e que assim que você termina a leitura sente que uma lição foi passada para você.
    Adorei a dica e já vou colocar na minha lista de desejados, espero gostar da leitura tanto quanto você.

    Beijos
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica!
      Coloca na lista sim. Vai até rolar sorteio de um exemplar aqui no blog, se vc quiser participar! :)
      É, realmente, uma grande leitura! <3

      Beijos!

      Excluir
  6. Isso, continue me fazendo inveja, porque eu preciso desse livro pra ontem! Parabéns pela resenha,l como sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorry, Robson XD
      Mas ele merece ser lido mesmo! Vai rolar sorteio aqui no blog, se vc estiver com paciência...ou então, se não tiver aguentando, COMPRE LOGO! hahaha

      Beijos!

      Excluir
  7. Uau! Não bastasse tudo o que você escreveu desde o início da resenha, suas últimas linhas foram direto no meu coração. Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa.
    Às vezes precisamos sair da nossa zona de conforto e ler alguma coisa que nos faça refletir e reagir, né?!

    Parabéns pela resenha. Adorei!

    Amanda :)
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Amanda. Adoro livros que mexam comigo de uma maneira diferenciada, e com certeza, MMS está nessa categoria ♥

      Beijos!

      Excluir
  8. OOOOOi Ly! Esse livro parece ser muito bom! A premissa dele, parece tocar o fundo da alma, e o tema, delicado, torna o assunto ainda mais impactante. ADOREI a ideia da editora, em coincidir o livro com a estória exposta. Muito legal! Gosto de livros assim, que te fazem ficar pensando por horas... ;)

    Abraços,
    Italo - http://leitorespossessivos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Italo, seu lindo!
      Esse é um MUST READ, espero realmente que vc tenha a oportunidade de lê-lo! :)

      Beijos!

      Excluir
  9. já fiquei com nó na garganta só lendo a resenha =( gente esses livros chegam assim como quem não quer nada e nos marcam e nos dão uma lição de vida. me pareceu uma história tocante. nem tem muito o que falar, acho que é o tipo de livro que se sente. espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lygia, tudo bem?
    Achas que é uma boa leitura, para adolescentes de 13, 14 anos? Estou pensando em comprar para a minha priminha.

    Aguardo teu retorno.
    Abs,
    Lívia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Lívia! :)
      Então, isso depende do que ela está acostumada a ler, e o que ela tem de liberdade/permissão dos pais para ler. Com essa idade eu já lia coisas do assunto, mas drogas e sexo são abordados no livro! Vale levar isso em consideração! ;)
      Espero que tenha ajudado.

      Beijos!

      Excluir
  11. Ajudou sim... já encomendei, vamos ver!

    Obrigada :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...