#TeoremaJohnGreen - Desvendando Personagens

26 de março de 2013
Capas americanas. Obrigada Conversa Cult!

Então, vocês puderam conhecer um pouco da história de 'O Teorema Katherine'. O livro gira em torno dos amigos Hassan e Colin, Lindsey e claro, as próprias Katherines (em forma de flashback).

O Who's Thanny publicou várias curiosidades bacanas sobre o processo de criação do livro, vocês viram?  E o Este Já Li falou sobre a história do Teorema, que é um dos temas centrais do livro! 

Vamos falar um pouquinho mais dos personagens?

Colin

"A leitura acalmou um pouco sua mente. Sem Katherine, sem Teorema e sem esperança de se tornar importante, muito pouco lhe sobrava. Mas Colin sempre podia contar com os livros. Os livros são o melhor exemplo de Terminado: deixe-os de lado e eles o esperarão para sempre; dê-lhes atenção e sempre retribuirão seu amor."
- Colin é, obviamente, o protagonista da história. Ele é um jovem que desde criança é considerado um prodígio - apesar de achar que ele só é brilhante mesmo em formar anagramas. Ganhou um daqueles quizz em um programa de TV contra uma garota, que na época tinha 12 anos. Tem cabelos cacheados alvoroçados, e rosto e físico de nerd (no caso, um nerd magro).  Eu senti o tempo todo a necessidade do personagem de se autoafirmar, de ser reconhecido por algum feito. A peculiaridade da trama é ter namorado 19 Katherines, e o leitor conhece a história de alguma delas através de seus flashbacks. E claro, ele fica durante a história formular o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, onde será possível prever quanto tempo um relacionamento vai durar e quem vai terminar o namoro.


Hassan 
"- Cara, você é tão nerd...E isso está sendo dito por um fã obeso de Jornada nas Estrelas que tirou nota máxima em Matemática I. Só para você ter uma ideia de como seu caso é grave."
- Gordinho, preguiçoso, fã de Jornada nas Estrelas (como vocês viram pelo quote acima), menos nerd do que Colin. Faz piadas o tempo todo da sua origem e de sua tradição muçulmana, sendo haram uma das suas palavras favoritas, apesar de constantemente cometer haram. Hassan diz que está tirando o famoso 'ano sabático', e enrolando para ir para a faculdade. Enquanto estão em Gutshot, acaba recebendo um emprego de Hollis, que vive com Lindsey. 500 dólares por semana faria seu pai deixá-lo em paz um pouco, certo? É um dos amigos literários mais leais que eu já vi...um fugging* amigo, diria Colin! :)

Lindsey

"- Bom, para começar, aquilo me fez ficar pensando no que a gente conversou quando cê chegou aqui. Quando falei que achava que ser importante não era uma boa ideia. Acho que é bom eu retirar o que eu disse, porque, depois de ler suas anotações, fiquei querendo achar um jeito de melhorar seu Teorema. Me deu um tesão bem grande de consertar o Teorema e provar procê que os relacionamentos podem ser vistos como um padrão. Quer dizer, ele deve funcionar. As pessoas são tão incrivelmente previsíveis! E aí o Teorema não seria seu, seria nosso, e eu poderia...tá, isso parece meio retardado. Mas, de qualquer jeito, acho que quero ser um pouco importante, ser conhecida fora de Gutshot, senão não teria pensado nisso. Talvez eu só queira ser reconhecida sem sair daqui."
- Os meninos conhecem Lindsey (e seu sutiã roxo, mas isso é outra história - leiam o livro, sério!) assim que chegam em Gutshot. Ela poderia ser mais do que apenas aquela garota, sabe? Mas decide não o ser. Decide ficar na pequena cidade, morar e morrer lá. Decide que quer ajuda Colin em seu Teorema e namora o OOC ( O Outro Colin, como Hassan diz. Em inglês ficou mais legal porque ficou TOC - The Other Colin e bem, vocês sabem que TOC é transtorno obsessivo-compulsivo, e é o que diria que Colin tem por Katherines...e já estou divagando! =p ) Ela NÃO se chama Katherine, deve significar alguma coisa, certo?


Katherines

Durante toda a leitura eu tive a impressão que a obsessão de Colin por Katherines estava diretamente relacionada à sua busca de identidade, de autoafirmação. Pelas suas desventuras amorosas com as Katherines percebi que ele possui a constante necessidade de ser elogiado por ser um gênio. Na maioria das vezes ele foi o Terminado e as Katherines as Terminantes. Todos os sinais de desinteresse das meninas estão lá, e as vezes Colin não percebe. =/


*fugging = Lindsey, em um momento da história, indaga à Colin porque ele e o amigo usam tanto a palavra fugging nas frases quando querem enfatizar algo. Ele explica que essa palavra e suas variações - fug e fugger -  foi vista por ele e Hassan nada mais nada menos do que 37 mil vezes em um livro 'Os nus e os mortos' de Norman Mailer - sim, esse autor existe de verdade! rs.

Gostaram? Fiquem de olho que amanhã vou sortear kits pelo Facebook da página do blog! :)
Pensei em vários atores para interpretar os personagens! Será que pode virar filme como 'A Culpa é das Estrelas'? **torce**

Mais sobre curiosidades dos personagens no blog The Book is on the Shelf!


Labels: , , , ,

10 comentários :

  1. Oie :)

    Nossa esse livro parece ser bem curioso né ? não estou aguentando de tanta empolgação para lê-lo pena que só vou compra-ló mês que vem em Abril , beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Oi Lygia

    Amei a citação do Colin *.*
    As dos outros também, e gostei de saber que o Hassan é um bom amigo, são tantos amigos literários que deixam a desejar.
    Curioso esse lance de fugging :D

    Bjus

    ResponderExcluir
  3. Eu terminei o livro hoje, e entrou com certeza para os favoritos. Eu achei Colin bem chato no começo, mas do meio para o final ele me conquistou. A amizade dele e Hassan, meu personagem favorito, é tão bem construída e bonita de se ver, eles se entendem de verdade.
    Eu adorei a Lindsey, ela me surpreendeu, por que passa todo o esteriótipo de garota bonita burra, e não é assim, as aparências enganam.

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. aiii, preciso ler este livro logo!!!
    me encantei pelas descrições dos personagens... tenho certeza que vou amar! ♥

    ResponderExcluir
  5. Partici[ando e seguindo as regras..Maravilha!!

    ResponderExcluir
  6. Depois de ler esse post fiquei mais do que atiçada em ler esse livro. Parece ser mega divertido!

    ResponderExcluir
  7. Depois de ler esse post fiquei mega atiçada em ler esse livro. Adoro personagens nerds e seus problemas amorosos e esse parece ser mega divertido!!

    ResponderExcluir
  8. auhauhuah
    Morri de rir já.
    Vocês estão me torturando! Quero muito ler esse livro :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Estou lendo o livro e estou gostando muito, o John Green é um brilhante autor são histórias tão verdadeira que me sinto parte delas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...